Gerador de preços para construção civil.
Gerador de Preços
© CYPE Ingenieros, S.A.
 
Programas para Engenharia e Construção
Em português

En castellano
En català
Tipo de obra
D Demolições
A Acondicionamento do terreno
C Fundações
E Estruturas
F Fachadas
P Divisões
I Instalações
N Isolamentos e impermeabilizações
Q Coberturas
QA Planas
QAA Ajardinadas
QAK Deck
Cobertura deck.
Sistema integral de cobertura deck.
QAN Godo lavado
QAP Auto-protegidas
QAT Acessíveis
QAV Acessíveis ventiladas
QT Inclinadas
QL Pontos de luz
QR Remates
R Revestimentos
S Equipamentos fixos e sinalização
U Infra-estruturas no logradouro
X Controlo de qualidade e ensaios
Y Segurança e saúde
O que são estes preços?
Material de impermeabilização
Revestida com material betuminoso
Membrana
Isolamento térmico
Impermeabilização
Casa comercial
Genérico
Tipo
Painel rígido de lã de rocha hidrofugada, de alta densidade, não revestido
Espessura (mm)
Monocamada
Tipo GA-1 (pendente > 1%)
Casa comercial
Genérico
LBM(SBS)-50/G-FP
Preços noutros distritos Exportação: Arrastar BC3 sobre 'Arquimedes' ou outro programa de medições e orçamentos.   Abrir este conteúdo no 'Excel'
QAK210

Cobertura deck.
Cobertura auto-protegida DECK, composta de: isolamento térmico: painel rígido de lã de rocha hidrofugada, de 40 mm de espessura; membrana impermeabilizante: monocamada colada, tipo GA-1: tela asfáltica LBM(SBS)-50/G-FP.

Composto
Ud
Composição
Rend.
p.s.
Preço artigo
mt16lra050aba

Painel rígido de lã de rocha hidrofugada, de alta densidade, segundo EN 13162, não revestido, de 40 mm de espessura, resistência térmica 1 (m²°C)/W, condutibilidade térmica 0,039 W/(m°C).
1,050
8,63
9,06
mt16aab010
Ud
Fixação mecânica dos painéis isolantes à chapa metálica (coberturas deck).
5,000
0,16
0,80
mt14lga010c

Camada de betume modificado com elastómero SBS LBM(SBS)-50/G-FP (150R), UNE 104242-1, com armadura de feltro de poliéster reforçado e estabilizado de 150 g/m², com auto-protecção mineral.
1,100
8,76
9,64
mt15acc020
m
Perfil galvanizado para protecção de entrega da membrana impermeabilizante a paramento vertical, em coberturas.
0,500
0,90
0,45
mt15acc040cc
Ud
Ralo de EPDM sifonado com grelha de protecção, para drenagem de coberturas, de 100 mm de diâmetro.
0,030
21,79
0,65
mt15acc060
Ud
Gárgula para escoar horizontalmente em coberturas (comprimento 415 mm).
0,050
13,20
0,66
mo006
h
Oficial de 1ª montador.
0,212
11,82
2,51
mo048
h
Ajudante montador.
0,212
11,01
2,33
  %
Meios auxiliares
2,000
26,10
0,52
  %
Custos indirectos
3,000
26,62
0,80
Total:
27,42


Condições técnicas
UNIDADE DE OBRA QAK210: COBERTURA DECK.

CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS.

Formação de cobertura auto-protegida DECK, pendente >1%, sobre base resistente de chapa metálica (não incluída neste preço), composta dos seguintes elementos: ISOLAMENTO TÉRMICO: painel rígido de lã de rocha hidrofugada, de alta densidade, segundo EN 13162, não revestido, de 40 mm de espessura, resistência térmica 1 (m²°C)/W, condutibilidade térmica 0,039 W/(m°C); MEMBRANA IMPERMEABILIZANTE: monocamada colada, tipo GA-1, segundo UNE 104402, formada por uma tela asfáltica LBM(SBS)-50/G-FP com auto-protecção mineral. Inclusive p/p de banda de reforço e perfil galvanizado para protecção de entrega da membrana impermeabilizante no encontro da pendente com o murete perimetral, vedado pela sua parte superior; banda de reforço e ralo de EPDM sifonado com grelha de protecção no encontro da vertente com a drenagem de águas pluviais; banda de reforço e vedação de juntas de dilatação do edifício ou do suporte resistente da cobertura e juntas de cobertura e transbordadores formados por gárgulas para escoar horizontalmente para o exterior a água acumulada por obturação de tubos de queda.


CRITÉRIO DE MEDIÇÃO DE PROJECTO.

Superfície medida em projecção horizontal, segundo documentação gráfica de Projecto, desde as faces interiores dos parapeitos ou muretes perimetrais que a limitam.


PROCESSO DE EXECUÇÃO.

    CONDIÇÕES PRÉVIAS.
      A natureza do suporte permitirá a fixação mecânica das ripas, e o seu dimensionamento garantirá a estabilidade, com flecha mínima, do conjunto.
      A superfície da base resistente deve ser uniforme e plana, estar limpa, e sem restos de obra.

    FASES DE EXECUÇÃO.

      Preparação da superfície.

      Medições das aberturas.

      Corte, ajuste, fixação e enchimento das juntas do isolamento térmico.

      Limpeza e preparação da superfície na qual se tem de aplicar a membrana.

      Colocação da membrana.

      Formação de entrega com paramento vertical, incluída banda de reforço de 50 cm de largura dobrada em ângulo sobre a vertente e sobre a entrega.

      Roço perimetral para fixação da membrana impermeabilizante e posterior protecção.

      Vedação de juntas com cordão de enchimento de material betuminoso.

      Execução de encontros entre vertentes, vertente com elemento vertical e elementos de protecção, vertente com drenagem, vertente com porta de acesso à cobertura.

      Execução das extremidades da vertente.

      Execução de juntas de dilatação estrutural e de contorno perimetral.

      Vedação de juntas.

      Colocação de tubos de drenagem e elementos especiais.

    CONDIÇÕES DE FINALIZAÇÃO.
      Estanquidade à água, adequada fixação ao suporte, continuidade e qualidade no tratamento de juntas da membrana impermeabilizante.
      Resistência e compatibilidade de deformações do conjunto construtivo com a estrutura e o cobrimento do edifício.


COMPROVAÇÃO EM OBRA DAS MEDIÇÕES EFECTUADAS EM PROJECTO E PAGAMENTO DAS MESMAS.

Medir-se-á, em projecção horizontal, a superfície realmente executada segundo especificações de Projecto, desde as faces interiores dos parapeitos ou muretes perimetrais que a limitam.





Espere, por favor

A executar processo...